segunda-feira, julho 25, 2011

Pensamento da Semana: "É bonito ser feio?"

Minha personalidade não me permite ficar calado sempre... Uso meu blog para expressar meu pensamento e desde sábado à noite, quando cheguei em casa e liguei a televisão, os canais só sabem falar da tal da Amy Winehouse. Nesses dias ela é top no google, top no facebook, top na tv, top no twitter, mas não é top no meu blog... não quero falar sobre ela, mas sobre a mídia.

Os críticos de música, os jornalistas (em sua maioria) tem a péssima mania de endeusar pessoas que não nos servem de exemplo.
Desde sábado ouço falar do triste falecimento de “uma das vozes mais marcantes, uma cantora sem igual...” Aí muitos canais falaram de uma coincidência. Os grandes artistas que morreram com 27 anos. Amy Winehouse, Janis Joplin, Jimi Hendrix, Jim Morrison, Kurt Cobain... que impressionante! Pessoas chorando, vigilias de fãs em frente à casa da moça. Mas será que ela é exemplo?
Uma mulher que subia ao palco caindo de bêbada, muitas vezes literalmente caía no palço, tropeçava em sua bebedeira, e milhares de pessoas na platéia aplaudindo a degradação de um ser humano. Nunca havia ouvido uma música sequer dessa jovem, mas nesse final de semana não tinha como não ouvir... Globo News, Multishow, Fantástico, Domingo Espetacular, até canais de esporte prestando homenagens... Porque não prestam homenagens a pessoas que dão bons exemplos à sociedade?
Não estou feliz com a morte dessa jovem, mas também não posso dizer que estou de luto, afinal, ninguém enfiou uma arma na cabeça dela e a obrigou a se embebedar, ninguém a ameaçou de morte se ela dissesse não às drogas. Ela foi porque quis. A bíblia fala que "ninguém é tentado além do que possa suportar". Ela escolheu o caminho dela. A própria mãe dizia: "a gente já sabia que mais cedo ou mais tarde isso iria acontecer". Havia até um site de apostas na internet em que ganhava aquele que acertasse o dia da morte da tal Amy.
Ficar endeusando essa moça, trazer de volta pessoas que não acrescentaram nada de bom à sociedade, como Janis, Cobain, Morrison, pra que?
Ontem alguém citou uma música do Renato Russo: "Os bons morrem cedo". Misericórdia... ontem foi uma boa oportunidade pra falar aos meus filhos aquilo que não devemos ser. Quem disse que Renato Russo é bom? Homossexual, drogado, bêbado é bom agora?
Não! Amy Winehouse não era uma cantora espetacular... com voz como a dela se encontra milhares. Não, sua música não era marcante, com letras que falavam de sua auto-destruição, como aquela que fala de um cara que roubou sua maconha...
Não, Amy não serve de exemplo de que para se ter sucesso precisa usar drogas, beber e servir de chacota à sociedade. A vida dela revelava apenas uma pessoa que tinha milhares na platéia, mas que quando voltava ao hotel era uma pobre pessoa só no seu mundinho de drogas e bebidas.
Amy Winehouse, Janis Joplin, Jimi Hendrix, Jim Morrison, Cazuza, Renato Russo, e tantos outros iguais a eles não são e jamais serão exemplos para nossos filhos.
Morrer aos 27 anos de overdose é bonito? Não... definitivamente não é bonito ser feio!

3 comentários:

jm disse...

Caro rosh.
Quem somos nós para julgar os outros?
Aliás, ela era judia, filha de mãe judia, ou seja, quem somos nós para julgar uma israelita de sangue??? Defeitos todos temos, sejam eles mais expostos, sejam eles mais ocultos.

Moshê ben Yishai disse...

Prezado JM, se ler atentamente o que escrevi perceberá que não falo da pobre cantora, mas da mídia que endeusa essas pessoas (e por tabela suas atitudes)Como dito no post, não estou feliz com a morte dela, aliás, lamento. Lamento mais ainda por ela ter nascido judia, e não ter valorizado a herança divina que estava sobre ela.

edna medina disse...

È triste saber que pessoas querem falar de julgamento,enquanto estão julgando.Acabei de fazer um comentário numa postagem acima,esqueci de falar sobre essa idolatria.Infelizmente a mídia só amostra essa vergonha na televisão.Eles não são e nunca serão exemplos para os meus filhos,pois tenho 4 filhos um rapaz com 24 anos,uma moça com 23 outra com 17 e um que acabou de fazer 12 anos e apesar de terem sidos criados em outra religião,aprenderam a ter educação ser tementes a D-us e serem obedientes a Ele.Oro ao Eterno que todos venham conhecer a verdade sobre a Palavra,pois o menor e a de 17 anos já fazem perguntas e comentários sobre o povo de Israel, afinal eles estudam sobre isso inclusive sobre o holocausto e ficam muito triste.Leram o livro (A mala de Hanna,a história de uma menina judia e começaram e se interessar mais sobre o assunto pois a professora de portugues havia passado para eles lerem isso sim é exemplo para eles.Adorar só o Eterno nosso D-us Shalom.