segunda-feira, abril 28, 2008

foto para vesgo ver

Essa foto é para vesgo ver, ou tentar ver... já que está completamente fora de foco. Eu fiz durante o Serviço de Adoração, na hora dos cânticos. A Eliana não resistiu e foi cantar, já que havia sido convidada a cantar. Eu, como não fui convidado a nada, aproveitei pra fazer algumas fotos e me sentei do lado de fora, já que estava com muita dor de cabeça. Para variar, o Ezrah fez a mensagem, como sempre onde ele está presente. Pelo menos eu aproveitei bem meu shabat de folga.

Shabat em Curitiba, que novidade!



Neste final de semana estivemos em Curitiba, e finalmente pude passar um shabat com meus filhos, então aproveitamos e fomos visitar a Beit Hauer. Fazia tempo que eu não via o shacharit como espectador e foi bom ver o Shelumiel fazendo o estudo. O Abel e o Ariel aproveitaram para acompanhar ao lado do vô Yishai uma parte do serviço, já que eles foram pra escolinha das crianças e eu finalmente pude assistir um serviço ao lado da Eliana, no nosso “dia de folga”.

sexta-feira, abril 25, 2008

Cabalat na sinagoga

"Tu, pois, falarás aos filhos de Israel e lhes dirás: Certamente, guardareis os meus sábados; pois é sinal entre mim e vós nas vossas gerações; para que saibais que eu sou o SENHOR, que vos santifica." (Êxodo 31:13) Depois de um longo período, finalmente pude participar de um Cabalat Shabat na sinagoga em Curitiba. Para mim, a novidade agradável foi ver o chaver Shmuel tocando o piano na luturgia. O Rosh Ezrah como sempre, conduziu a celebração e trouxe a mensagem. Vale lembrar que hoje é o sexto dia da Contagem do Omer. Shabat shalom!

terça-feira, abril 22, 2008

Afikoman encontrado


Durante a festa, é tradição que alguém esconda o afikoman, um pedaço da matsá, que é usado na cerimônia e depois as crianças saem à procura e quem encontra acaba ganhando um brinde. Dessa vez, como eram muitas crianças, o Rosh Ezrah preparou brindes para os cinco primeiros que encontrassem. Não deu tempo de fotografar a todos os ganhadores, mas pelo menos um foi o Abel, que estava numa empolgação só depois que ganhou seus chocolates... ah! como é bom ser criança. O duro de Pessach é comer as ervas amargas, gengibre...

Pessach no Hauer


No domingo já estávamos de volta a Curitiba pra participarmos da celebração do Pessach, que mais uma vez aconteceu na Beit da Vila Hauer, onde muitos irmãos compareceram, e recebemos também vários irmãos de Ponta Grossa, que vieram participar conosco. Ainda ficou muito apertado, mas quem sabe no próximo ano finalmente possamos conseguir realizar a festa num salão novo?
Se quiser ver muitas outras fotos, visite o site yerushalaim, ou clique no link abaixo

domingo, abril 20, 2008

O vídeo da Ceia!

video

Nosso primeiro video tinha que ser especial, e este é. Depois da Ceia, fomos fazer algumas fotos, e o Itschak resolveu tocar um cântico especial, Eliahu HaNavi, que anuncia a volta do Mashiach, e enquanto todos cantavam, a Eliana filmou. Espero que percebam neste video a alegria de todos e que possamos anunciar sempre a volta do Mashiach, e que seja em breve.

Da Ceia fomos dormir na casa da irmã Mithy, e quero agradecer mais uma vez pela hospitalidade. Sempre temos ficado em Joinville na casa do Lindolfo, mas desta vez aceitamos o convite da irmã, e pudemos desfrutar de sua companhia.

* Colocar o video no blog é uma inspiração que tirei do meu amigo Moshê, do blog de Imbituba. Espero que gostem. Se bem que está bem pesado e eu nao sei mexer em arquivos de video, hehe.

Ceia em Joinville


No ano passado foram menos de 15 pessoas, e neste ano já tivemos a participação do pessoal vindo através do programa de tv. A Ceia foi especial, celebrada com quase quarenta pessoas, ainda que faltaram alguns, por impossibilidades pessoais. Para a maioria foi a primeira vez, agora que fazem parte da Congregação, em celebraram a Nova Aliança, conforme disse o próprio Yeshua em Lucas 22: 20: “...Este é o cálice da nova aliança no meu sangue derramado em favor de vós.”

A Ceia em Joinville



“Ora, se eu, sendo o Senhor e o Mestre, vos lavei os pés, também vós deveis lavar os pés uns dos outros. Porque eu vos dei o exemplo, para que, como eu vos fiz, façais vós também.” (João 13:14,15)

Como todo ano, a Ceia é uma data especial, onde temos a oportunidade de celebrarmos a Nova Aliança, através do sangue do Cordeiro de D-us. Este ano, como no ano passado, tivemos a oportunidade de estar em Joinville. A Ceia sempre começa com uma demonstração de humildade, ao lavarmos os pés uns dos outros. Que essa humildade esteja presente em todos, todos os dias durante esse ano, e não seja apenas uma atitude na Ceia. Sigamos o exemplo dado por Yeshua sempre!

quarta-feira, abril 16, 2008

Chega logo maio!

Estou realmente ansioso para chegar a Israel, mas a grana que custa para ir a Israel daria para investir em outras coisas, e fui buscar um exemplo, e o melhor que encontrei foi esse; espero que gostem. Viajar pra Israel custa o mesmo que esse fiat 147. Bem, acho que vale mais a pena ir pra Israel e ficar andando de ônibus, hehehe... Faltam menos de 20 dias...

* Dê dois cliques no carrinho pra ver o que acontece.

terça-feira, abril 15, 2008

A Recompensa


Depois de nos cansarmos um monte, ao subirmos na lomba, aí vem as recompensas. A vista maravilhosa, as brincadeiras, a sensação de ter vencido... Até o Eliseu subir na pedra e apontar para o rio, é pra lá que a gente vai... E pronto, começamos uma nova caminhada em direção ao rio, onde (apesar do frio que fazia) entramos para nadar, mas nem todos tiveram coragem. Depois veio a fome, e caminhávamos mais um pouco, onde o Eliseu e os outros começaram a comer Ponkan (sei lá se é assim que se escreve) e eu ficava só olhando poque todos sabem o quanto sou nojento pra comer... Daí nadamos mais, comeram mais ponkan, nadamos mais, e assim seguia a nossa manhã. Paramos nos abacateiros, onde o Eliseu e o Cristiano fizeram até uma guerra de abacates, muito engraçada (tenho até fotos, mas ficaram muito nojentas, e não dá pra publicar) e finalmente retornamos para casa, para tomar café. E o detalhe interessante era que tudo isso e não havíamos sequer chegado às 10 da manhã.

A subida, o desafio!

Quem vê acha que é fácil o que a gente passou, que eu estou exagerando, mas nunca tive um desafio físico tão difícil. Eu mesmo acordei achando que seria molezinha, mas depois de uma hora de caminhada subida acima, eu, o Eliseu e alguns outros já não aguentávamos mais. Já havíamos escorregado, cortado a mão, braços, nos arames farpados das cercas, que a gente sequer conseguia ver, na escuridão da madrugada. Na montagem acima, três momentos: O Cristiano subindo por uma pedra, eu já lá em cima, admirando a beleza (e descansando) e o Cris e o Leonel, no topo do monte, pouco antes do nascer do sol, mostrando que valeu a pena a subida.

Estudar é bom a qualquer hora


Ainda antes de irmos para os montes na madrugada do domingo, quando já nos preparávamos para dormir, a gente não podia deixar de estudar um pouco a bíblia. Foi assim nas duas noites que passamos por Cerro Azul. Eu e o Cristiano ficamos conversando e estudando, argumentando sobre a bíblia (mais eu do que ele, claro) até mais de uma da manhã. Isso também foi uma parte boa da viagem. Agora sim, madrugada do domingo, vamos falar sobre a subida nas Lombas.

* Foto feita pelo Jeziel, que só ficava queitinho, pensando em como fazer para ir até São Francisco do Sul...

Ponte do Rio que Cai


Antes de falar como foi o nosso domingo e a subida na “Lomba” é bom relembrar que no shabat, chuvoso que só, a ponte do rio que cai estava lá para ser atravessada, e o rio havia subido, pois como podemos ver nas fotos, todas as sombrinhas da família foram usadas. A Lucimare gastou uns 5 minutos pra criar coragem de cruzar a ponte pela primeira vez. O pior foi na madrugada do domingo, antes das cinco da manhã, cruzar a ponte, só com a luz vinda do celular do Jeziel (que não iluminava nada. Mas fazer o que? Algumas vezes precisamos enfrentar esses grandes desafios...

segunda-feira, abril 14, 2008

Manhã de domingo, sem tempo a perder


No fim do shabat, já estávamos combinados que na madrugada do domingo, todos os homens iriam subir na “lomba”, como são chamados os montes da região, para ver o nascer do sol. Então, eram 4h30 da madruga quando eu acordei e fui chamar os moleques, para cumprirmos com o combinado. Todos de pé, cruzamos a escuridão da madrugada nesse desafio divertido. Esse é só um aperitivo e o restante da história em Cerro Azul fica pros próximos posts da semana.

o sucesso da borboleta


A tal da borboleta fez tanto sucesso que o Cristiano quis tirar uma foto com ela. Quanta diferença! Na semana passada, em Sombrio, o Cris estava tirando fotos com as jovens, agora, ele foi tirar fotos ao lado da borboleta. Ele pegou o animalzinho (ou será inseto?) da geladeira e colocou no ombro, então, vai pro blog!
Fala a verdade, é ou não é bonitão? To falando do bichinho, não do Cris.

Mister Butterfly


às vezes levar mulher é uma dificuldade na viagem. Lá no Cerro, a Lucimare ficava com medo das baratas (lá é sitio, entao tem uns bichinhos mesmo) e morria de medo da borboleta que estava colada na geladeira do irmão João. E não adiantava o Paulo falar pra ela que a borboleta em questão (a da foto) já estava morta há tempos, e até seca. Então ele teve que se transformar no Mister Borboleta pra ela se acalmar. O que que um marido não faz pela esposa....
* Claro que a foto é uma montagem, mas que ela estava com medo da borboleta, isso estava.

Alegria, alegria!


É legal viajar porque a gente desfruta da alegria das pessoas de outras localidades. Lá no Cerro, o pessoal fica sempre feliz, e nesta oportunidade pudemos conhecer um pouco mais e ficar ao lado de todos eles. `Pudemos jantar na casa do chaver Hamilton, almoçamos na casa do Leonel, no domingo na casa do chaver Antonio e dormimos na casa do João, que sempre nos cede o espaço. Eu e o Jeziel dividimos o quarto com o Cristiano, onde conversamos e nos divertimos até quase duas da manhã, e na montagem acima estamos ao lado do chaver Leonel, que segura seus dois filhos, os gêmeos Levi e Lucas, ou será Lucas e Levi... sempre confundo esses dois. Só alegria!

Paulo, o homem elástico


Durante a visitinha que fizemos à construção da Beit em Cerro Azul, o Paulo fez uma demonstração de seus poderes mágicos. O pessoal ficou impressionado ao descobrir que ele e a Lucimare fazem parte do “Quarteto Fantástico”. Na foto acima eles dão uma demonstração de seus poderes. Ele se esticou pra mostrar que é o “Homem elástico” e ela, você não consegue ver na foto, porque demonstrava seus poderes (como no filme, ela é mulher do homem elástico) de “mulher invisível”. Talvez um dia eu revele a vocês que é o “Homem de fogo” e o “Coisa”.

Shabat, sinal de mais viagens!


No último final de semana estivemos novamente viajando. Dessa vez, pegamos a kombi da CINA e fomos com destino a Cerro Azul, onde tivemos o shacharit, e depois fizemos um estudo sobre a Nova Aliança. O pessoal tava animado, esperando por nós. Comida era o que não faltou, porque eles prepararam tanta coisa, e mesmo no domingo a gente ainda via que estava sobrando... Pensaram que ia um batalhão de gente, ou sei, os mais comilões da CINA, como o Guedys, Gerson, Cristian e outros, mas foi um monte de magrinhos que comem pouco. Na próxima, levo os comilões. hahaha
* Foi comigo o Eliseu e a Leoni (A Hanna foi de brinde) além do Paulo, Lucimare, Cristiano e Jeziel. Esse pessoal não desgruda, onde estou eles querem ir viajar junto. Ainda bem que na semana que vai, vou acompanhado só da minha família para Joinville.

sexta-feira, abril 11, 2008

Blog novo na área!


Os blogs são coisas muito legais, porque através deles a gente acaba conhecendo gente nova e acompanhando o andamento das diversas congregações. Quando eles são atualizados frequentemente então, isso fica mais legal, porque nos deixa ansiosos para ver a próxima notícia e acabamos visitando diariamente. Eu por exemplo, acesso todos daqui na hora do intervalo. É um prazer visitar o blog de Cáceres, por exemplo, que nunca estive, mas já tenho a impressão de conhecer a todos. Assim acontece com Caxias, Imbituba, Ponta Grossa... e agora temos o da Beit Tucuruvi, em São Paulo. Só espero que atualizem com frequencia, e que estejam sempre de olho nos comentários. Indico a todos, e vamos dar uma força! http://www.beittucuruvibr.blogspot.com/
* Só não coloco mais links, inclusive o de Cáceres porque não sei como adicionar novos links no meu blog.

quinta-feira, abril 10, 2008

Chega logo maio!!!!

Dia 7 de maio tá demorando muito pra chegar, então enquanto não chega a gente vai se deliciando só vendo as imagens de Israel, e sonhando como será a festa dos 60 anos de Israel e a minha festa pelos 33 anos... hehe (a melhor coisa é que este ano não terá festinha surpresa!!!)
A montagem acima é feita com imagens do aeroporto Ben Gurion, de Tel Aviv, Israel. Chegaremos lá no dia 7 de maio, 3 da madrugada. Fãs do blog se preparem, em maio, atualizações constantes com imagens de Israel.
* Quem desejar ir conosco, já há um grupo previsto para ir em setembro deste ano, então vai juntando os troquinhos. Já são mais de 15 integrantes para essa nova viagem. Queremos um grupo de 20, talvez no máximo 25 pessoas para setembro.

quarta-feira, abril 09, 2008

Eu avisei que era perigoso


Já faz um tempinho que abandonei o futebol com o pessoal aqui em Curitiba, achava que estava ficando perigoso alguns jogadores... E o Cristiano não ficou satisfeito com o futebol em Sombrio no domingo, e na segunda-feira de noite ele foi jogar de novo com o pessoal daqui e pronto. Levou uma cotovelada (ou uma trombada) bem no olho e ficou desse jeito, com a cara inchada e levou até uns pontos perto do olho. Mas pelo menos o cavanhaque ficou legal na foto, hahahaha.
A propósito, ele foi o primeiro fã do blog que enviou a foto para ser publicada. Mande a sua também hehe!

Quanta ansiedade!


As fotos acima mostram o aeroporto de Frankfurt, Alemanha. Na montagem, tem a visão geral, os corredores, um avião da Lufthansa (é num dessa companhia que vamos) e o trem bala, que atinge cerca de 500 km por hora, quase a mesma velocidade que alguns atingem com seus carros... Dia 6 de maio, estaremos nesse lugar, e quem sabe dar uma voltinha no trem bala... mas às 22 horas, temos que estar prontos lá para o embarque rumo a Tel Aviv. Que presente de aniversário eu consegui (dado por mim mesmo) Pode estar em Jerusalém no dia 8 de maio, quando completo os meus 33 anos, aproveitando o aniversário de 60 anos de Israel. Chega logo maio, chega logo.

terça-feira, abril 08, 2008

Retorno a Curitiba


Saímos de Sombrio 13 horas e depois de passar no Lourival e ainda pegar um congestionamento, já era quase oito da noite, e a gente ainda tinha uns 200 km pra andar, e com fome ainda ficaria difícil. Aí tivemos a idéia de passar ma casa do chaver Itschak e da Hadassa, em Joinville para filar uma bóia. Eles ficaram contentes pela visita e nós pelo café. Dá pra ver na foto que o Cristiano até levou um saco cheio de bananas pra casa. É assim mesmo, em casa de irmãos, irmãos de verdade, a gente se sente em casa. Obrigado Itschak! Chegamos a Curitiba 10 da noite de domingo.
* Já que as meninas de Imbituba são fãs e queriam aparecer no blog, o Lindomar também, a Zelinha diz que não, mas morre de vontade de aparecer aqui, nós vamos plagear a idéia da lição infantil. Mande uma foto sua bem bonita para meu e-mail que eu publicarei no blog, com uma mensagem divertida, alegre e edificante, hehehe. É sério essa parte, quem quiser, pode mandar a foto que eu publico. felp_junqueira@hotmail.com

O Reino Milenar


Estas fotos fizemos em Imbituba, na casa do Rosh Lourival, imaginando como será no Reino de Yeshua, como diz a Bíblia: “O lobo habitará com o cordeiro, e o leopardo se deitará junto ao cabrito; o bezerro, o leão novo e o animal cevado andarão juntos, e um pequenino os guiará. A vaca e a ursa pastarão juntas, e as suas crias juntas se deitarão; o leão comerá palha como o boi.” (Isaías 11:6,7) Em breve nosso amigo Eliseu poderá desfrutar de uma boa tarde de descanso, deitado nas costas de um leão, confortavelmente depois de um cafezinho. Que o Eterno nos permita essa bênção logo!
* Dá uma olhada na pose do sapinho, pensativo! Foi o próprio Eliseu quem ajeitou o bichinho assim.

Eu e o Lindo Mar


Na praia foi uma diversão total, e eu queria levar uma recordação das belezas de Sombrio. Então resolvi tirar uma foto do Lindomar... Ooopss, não confundam. O Lindo mar é aquele ao fundo, esse que está ao meu lado é o Feiomar hahahaha. A gente só não contava com aquele papagaio de pirata lá atrás, se alguém conseguir identificar o cidadão lá atrás, me avisa o nome dele pra eu marcar no meu caderninho. Vai estragar a foto assim lá longe.. Sommbrrriooo o menino! hehehe
* Ps. O Lindomar era outro que tinha o sonho de aparecer por aqui, então espero que ele esteja feliz agora, mas não precisava encher a mão de areia e colocar no meu cabelo despenteado, peots ao vento...

Apaixonados por futebol (Sombrio, parte 34)


Às vezes fico impressionado ao ver o que as pessoas são capazes de fazer por uma paixão... Um exemplo disso aconteceu na manhã do domingo em Sombrio. Iríamos para a praia, jogar futebol, mas não cabiam todos nos carros, então só restou o porta malas do Meriva pra alguns. E o Felipe (de Vacaria) aceitou ir por mais de 10 km no porta-malas confortavel do carro. Já na praia, foi aquela festa, com o time dos vaqueiros ganhando umas, perdendo muitas outras, até que na volta, a honra de seguir no porta-malas coube ao Lindomar. Detalhe, ele foi chupando um sorvete, e como eu estava dirigindo, esqueci que ele estava no porta-malas, e acabei passando numas lombadas a 80 km por hora, e só escutava os gritos de ai, ai, ai minha cabeça. No fim, as bolsas ficaram lambuzadas de sorvete, não sei porque disso. Mas fazer o que? Cada um que viva a sua paixão, mesmo que ela acabe gerando uma “dor de cabeça depois”.

segunda-feira, abril 07, 2008

O carro outdoor


Várias coisas em Sombrio me chamaram a atenção, por exemplo, se você bobear na BR, passa pela cidade e nem percebe porque não há placas de sinalização e além disso a cidade é bem menor que o bairro do Fazendinha, aqui em Curitiba. Outra coisa que chamou a atenção foi o carro outdoor, divulgando a Congregação Israelita. Se alguém souber de quem é o carro, me avisa, manda um comentário aí... acho que é do Rosh Yehoshua, mas não tenho certeza. Ainda nesta semana mais posts, contando como foi nosso domingo em Sombrio. Abraço pro inesquecível Lindo mar...

O Cris e a meninada!!!


O Cristiano, nosso companheiro nessa viagem também foi bastante fotografado. Pena que os fotógrafos não eram lá grandes coisas, numa foto cortava a cabeça deles, na outra cortava a metade do corpo das pessoas, no fim, essas duas foram as que se salvaram das fotos do Cris e a meninada. Nada além disso, por favor, não confundam o Cristiano com aqueles rapazes que só querem saber de namorar.... Ele é um bom menino bem comportado. Por enquanto, a única paixão dele atende pelo nome de “bola de futebol.” Nem as meninas são oferecidas, é apenas uma questãod e amizade e carinho, pois todos tiravam fotos entre si, como grandes amigos que são. Como eu não sei o nome de nenhuma das jovens, me ajudem aí, companheiros do blog... Só sei que a de azul é irmã do Sérgio, de Caxias.

churrasquinho e fotos!


Depois do serviço de havdalá, veio a cantina, com direito a espetinho e muitas fotos e bate-papo com os amigos. Acima, o Eliseu, com seus amigos, Leandro, Yehudá e ...desconhecido. Embaixo, o Sérgio, depois de haver se recuperado da dança, saboreou logo dois espetinhos, e quando só restava um pequeníssimo pedaço no espetinho, ele veio oferecer para mim, que grande amigo!!!! hehehe. Tá perdoado! hahahahah! Sérgio, outro fã do blog.

A melhor dança de todas!


Os grupos apresentam danças bem bonitas, legais, mas a melhor de todas é essa aí, que todo mundo dança junto, cada um indo pra um lado, se alegrando, sorrindo. Pra quem foi, tente se reconhecer na foto, é um exercício divertido. Pra quem não foi, que pena! hahaha!!!! Dá pra reconhecer logo de cara o Felipe (cowboy de Vacaria, usando camisa vermelha) quase trombando com uma menina...

As filhas do Lourival


Não podia faltar a dança das meninas de Imbituba, as filhas do Rosh Lourival. Essa foi até engraçado, porque depois que acabou o serviço de adoração, elas vieram me cobrar a foto delas no blog, e foi a primeira vez que ouvi alguém dizer que é fã do meu blog, que visita todo dia... é até divertido. Depois acabei sabendo que outras pessoas (que eu nem imaginava) visitam constantemente, e provaram, me dizendo até qual havia sido o ultimo post que eu coloquei, antes de ir para Sombrio. Obrigado!

Às filhas do Lourival, obrigado pela simpatia, pela “Tartaruga” e por darem audiência a este blog! Espero que tenham gostado da foto!

grupos de Caxias


Caxias apresentou um grupo de danças feminino, depois o masculino (esse da foto) e depois um musturado com integrantes do masculino e feminino. Dava para ver que o rosh Sérgio após a dança já estava cansadíssimo, com a língua de fora. Mas foi bonito ver esses grupos dançando. Eu até comentei na hora da mensagem, que enquanto eles dançavam, eu e o Eliseu ríamos de alegria e contentamento ao vê-los dançando ao Eterno. Baruch HaShem! Parabéns, a dança de vocês e cativante.

Grupos de dança


No serviço de adoração, as danças apareceram aos montes... era um bom numero de grupos, de especiais. Na foto acima, o grupo que dançou na abertura do serviço, grupo de Sombrio. A começar por esse grupo, a maior a das mulheres do Encontro já estava usando o modelo snood de véu novo. Cada um de uma cor diferente, muito bonitos. Ah! as danças, elas estavam bem bonitas também!

Os anfitriões


Apesar de o Encontro ter sido organizado pelo Rosh Yehoshua, quem nos recebeu em sua casa foi o Rosh Noach e sua esposa que cumpriram bem o papel exercendo a hospitalidade com grande alegria. Eles receberam também em sua casa, o rosh Nicodemos e esposa e o chaver Joel com esposa e filha, da Beit Hauer. Teve até mousse de maracujá, que delícia!!!!
Obrigado pela hospitalidade! Continuem assim!

As crianças em Sombrio.


Enquanto o Eliseu fazia o estudo da parasha aos adultos, as crianças tinham sua aula, e pintavam os desenhos em cartazes que depois foram exibidos para todos, e os pequenos fizeram uma pequena explicação a respeito da historia de nosso povo Israel. Interessante a proporção que as professoras conseguiram redesenhar os desenhos publicados nas lições infantis. Ficou bem legal. A menininha em destaque é a neta do rosh Noach, filha do Silvano, aliás nem parece, porque a menina é bem bonitinha, sorte dela ter puxado a mãe e não o pai hehehe. Brincadeirinha Silvano, grande amigo e companheiro.

Bastante gente em Sombrio


Não imaginava que um encontro de um dia só fosse atrair tanta gente, e foi surpreendente, ao perceber que cerca de duzentas pessoas compareceram ao encontro, que começou com poucas pessoas no Cabalat Shabat, que teve a mensagem trazida pelo Rosh Nicodemos. Na manhã do shabat, já com bastante gente, o Eliseu (olha só o nosso auxiliar trabalhando aí) foi o encarregado de trazer a parashá, falando sobre os leprosos e maldizentes...

Sombrio, parte1


Neste final de semana estivemos, eu, Eliseu e Cristiano, em Sombrio/SC participando de um Encontro Israelita da região.... foi muito agradável, apesar da viagem pela estrada ruim que só, conhecer a Beit, muitos irmãos novos, e o pessoal de sempre, que apesar de a gente se ver todo ano no Congresso em dezembro, nunca dava tempo de sentar e conversar. Uma simpatia só, o pessoal de Sombrio, Imbituba, Caxias, e toda a região. Foi bom rever o Luis Paulo, de Torres, e ver que o povo segue firme por lá. Agora começo a sessão de fotos aqui.

quinta-feira, abril 03, 2008

Gratidão e bondade


Sempre gosto muito de ler livros e estudar, e nesses dias comprei um livro novo, chamado “Que tipo de pessoa voce quer ser?” de Harold Kushner, e que traz lições deliciosas para a vida. Uma das grandes lições, que a maioria das pessoas não se dá conta, está logo nas primeiras paginas, que diz: “Quando jovem, eu admirava as pessoas inteligentes (de sucesso). à medida que fui ficando mais velho, passei a admirar as pessoas bondosas.” Se é assim, já faz tempo que admiro, mas esta é a oportunidade para agradecer a duas pessoas excepcionalmente bondosas do Bela Vista. Meus sogros, Benedito e Angélica. Obrigado por tudo!
Se você quer um bom conselho, admire as pessoas bondosas, porque as que buscam o “sucesso” a qualquer custo, normalmente nem percebem que para alcançar, acabam pisando nos outros sem a menor cerimônia. Essas não são dignas de admiração.
* A foto acima é de agosto de 2006, num passeio de ônibus que o pessoal do BV foi assistir ao culto no Hauer.

quarta-feira, abril 02, 2008

Aniversariante do Dia!


Tudo bem que o aniversário foi ontem, mas o que é um dia atraso se levarmos em conta a idade da aniversariante, não é mesmo? Então tá aí, na foto a Sonia e o Adriano, uns dois anos atrás, bem mais jovens e menos enrugados. Ontem, primeiro de abril, ela completou três décadas de vida bem vivida. Continue sempre sorridente, e que possa chorar menos daqui pra frente, seja sempre só alegria. Que HaShem a abençoe e ao Adriano... que fez pose de galã de novela na foto.